Conversa sobre postes

Haddad: Sabe o que meu filho mais novo disse? Pai, já sei o que vou ser quando crescer – poste. Você é meu herói, o maior poste que São Paulo conheceu. Vou ser poste com pós-graduação, quer dizer, um postão.
Suplicy: Vou mandar projeto de lei para o Congresso propondo o estabelecimento de cota especial para adeptos do partido de ingresso na FP/Faculdade do Poste. Sabe, Haddad, quando mais moço, viajei muito por aí. Em NY, não vi postes na rua nem na política, mas na Bolívia eram todos de aroeira, madeira de lei.
Haddad: Se o Maluf estivesse aqui diria que não gosta de poste, só de ponte e, quanto mais espraiada a água, melhor. O cara é um grande piadista.
Marta: Eu posto, tu postas, ele posta, nós postamos, vós postais, eles postam. Tenho muita saudade dos CEUs.
Garcia: Vou postar um poste assinado por Niemeyer no Facebook. Vamos ver se vocês são bons de memória: Quem plantou o Lula como poste no movimento sindical?

Luiz Roberto Benatti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.