Yoani Sánchez, em Havana

yoaniConvido os dedicados moços de CTV, ora enfileirados na defesa do Socialismo cubochavista, a visitar Yoani em Havana, tão logo ela retorne à ilha, depois de circular por aí nas asas da CIA. Adianto-lhes que com os premiozitos que  recebeu como agente cibernáutica, depois de se empanturrar com 800 quilos de pizza à Fidel, ela vai comprar um robô chinês  para o filho Teo, gravata para o marido Reinaldo e  nova saia vermelha de uso pessoal. O apartamento de 60 m2 localiza-se no último andar dum velhíssimo prédio da Rua Factor. Suba por elevador soviético estreito e capenga. Aperte o botão 12, ele pára no 13. Desça e vá de escada até o último andar.Muito cuidado porque Yoni é perigosa. Acredite com fé e orgulho na causa obreira promovida por Cuba. 2013 menos 1959 dão apenas 54 e nesses anos o Socialismo só pôde avançar 3 palmos.

Luiz Roberto Benatti

Anúncios

2 comentários sobre “Yoani Sánchez, em Havana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s