Réquiem para Detroit

1

Luiz Roberto Benatti

Onde era Detroit
não há mais sombra de Detroit
até mesmo o rato de Detroit
mudou-se de Detroit
tudo ficou parado cinzento cheio de mistério
em Detroit
o que fazer numa ex-cidade sem ódio
mendigo bandido ou policial no pódio?
ninguém puxa fumo em Detroit
toma Coca-cola ou come hambúrguer
ninguém sapeca com a moça de microssaia embaixo da ponte ou ofende a moral constituída
com cara de pateta
o forde de bigode e o Packard
não trafegam mais por Detroit
ninguém multa ninguém
não há cão sarnento em Detroit
nem igreja dos santos dos últimos dias
as ruas não têm semáforo
os postes não têm luz
& os operários mudaram-se de mala e cuia para outras bandas
porque, em Detroit, o grande Capital e o capitalista
depois de roer milho e sabugo
foram cantar noutra freguesia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.