Banco

01

Luiz Roberto Benatti

 se fecha para balanço

quem o ataca  pelo flanco?

nele tudo é preto no branco

& o devedor um saltimbanco

bolso vazio não pega no tranco

& a esperança do pobre

rinoceronte-branco

sair da miséria não alcanço

meus sustos são meus solavancos

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.