O cego toma o café da manhã

0001

Luiz Roberto Benatti

o amor é cego?

o sol é obsoleto?

ando trôpego

e, se me der na veneta,

serei sociopata

o cego é inimputável

não irei me sentir  pesaroso nem serei  promíscuo

sem sarcasmo, gosto do lúdico

e, com o meu xará,

somos egressos do inferno

de onde trouxemos a chave

e a pena de Gil Vicente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.