Os velhos admiram-se a si mesmos na água

001

William Butler Yeats

 

ouço o velho. “Dizem os velhos:

tudo se transforma

e um a um caímos fora”.

tinham mãos como garras e os joelhos

retorcidos pelas águas

como os velhos espinheiros.

ouço o velho. “Dizem os velhos:

“tudo o que é belo vai à deriva

como as águas”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.