Poema para Haruko

001

 

June Jordan

 

nunca pensei que fosse  manter um registro de  dor

ou  felicidade

como velas que iluminam as rendas  macias

do ar

ao longo do   comprimento do seu cabelo /  chuveiro

divino

em marrom e castanho avermelhado

ondulações luminosas como partículas

de chama

 

Mas agora eu

recupero a lembrança duma  tarde de damascos

e água entre   cigarros

areia e rochas

e caminhadas

a plenitude de

minha mão

junto  da maré baixa

do mundo

 

Agora eu me

recordo duma  uma noite de retiro

ponte que deixei para trás

onde  o calor consistente

da luxúria e o  tremor

eram   cruéis  e  amáveis

como a paixão gira as  infinitas

desculpas   entre  amargo

e  doce

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.