O começo da linguagem

001

Adonis/Benatti

 

certa vez, a  criança que eu fui veio a mim

rosto  estranho

não disse nada

caminhamos

cada um de nós olhava  um para o outro em silêncio

nossos passos

eram um rio estranho a correr  entre nós

 

unimo-nos  graças às  boas maneiras

e estas folhas suspensas  no vento

em seguida, dividimos

uma floresta escrita pela  terra

e regada pela mudança das estações.

 

a criança que eu fui  uma vez deu um passo adiante

o que nos une agora

e o que temos para  nos dizer?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.