O mensageiro de Li Hua

001

Li Hua/Benatti

 

numa  cabana distante  da aldeia

Li Hua  inclina-se sobre a tela

como um inseto

 

ele é muito preciso

cada gesto  lembra as  pernas duma  aranha

em luta  contra a corrente

 

há  guerra em suas veias

uma batalha de desejos

ele  tem ciúme de Li Po

cujos retratos  deslizam

como a lua na  água escura

 

eu não desejo

perturbá-lo

enquanto ele tenta fazer arte

nesse momento de morte

 

então eu vou esperar

como  mosca na ponta duma  vara

até que ele tenha terminado

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s