Salomé

001

Ai/Benatti

 

com carinho cortei a haste do cravo vermelho

e o coloquei numa bacia d’água

ele flutou como faria a sua cabeça

se eu a decepasse

permaneci separada

daquelas tardes

quando andava pelos 15

como ave do paraíso

de penas arrancadas

gaiolas de vime, voei

venha, aninhe-se no meu colo, você disse

senti como se tivesse ido para ele

você tinha 40 e estava casada

que fosse minha mãe isso não quer dizer nada

porque ela era uma porta aberta para mim

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s