Canção

001

 Saint-John Perse

Meu cavalo deteve-se sob   árvore carregada  de pombas,  soprei  um apito bem doce:  não eram  promessas feitas  para as margens nos quais esses rios se contém.Vivas  folhas matinais  como imagem de glória

Não há sinal  de que alguém não fique  triste quando,  ao levantar-se  antes do amanhecer e, estando de   pé e cheio de  cuidados,   vender  uma  velha árvore,e, com o

queixo apoiado na  última estrela,

avistar   no céu enormes coisas puras  que lhe dão  prazer.

Meu cavalo deteve-se para  arrulhar sob a árvore, soprei um apito bem doce:

paz aos  que vão morrer e  que ainda não viram este dia,

ainda que de meu irmão poeta tenha escutado novidades.  Ele escreve algo cheio de encantos e uns poucos tiveram conhecimento disso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s