O morcego

001

Teodore Roethke/Benatti

 

de dia, o morcego é primo do rato

adora sótão de casa velha

 

os dedos fazem um chapéu na cabeça

o pulso é tão lento que ele parece morto

 

circula pelos figos a metade da noite

em meio a árvores junto a um canto

 

mas quando ele roça uma tela

sentimos medo do que os olhos vêem

 

algo está errado ou fora de lugar

quando ratos alados têm rosto humano

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s