Um ciclone varreu grande parte da Polônia sob Hitler

001

Luiz Roberto Benatti

 Os loucos do mundo encontram sempre alguém disposto a fazer o trabalho sujo, sejam os serviçais do EI, fossem os coadjutores de Adolf Hitler. Dentre os auxiliares havia inúmeros  intelectuais e, desses, os químicos atuaram como criaturas diabólicas nos campos de concentração. Com o propósito de combater o piolho ou o tifo, eles inventaram o Zyklon (ciclone em Alemão) B, pesticida poderoso à base de ácido cianídrico, cloro e nitrogênio. B era a letra identificadora de uma das concentrações de subprodutos que conduziam à morte rápida. A invenção do veneno deu-se em 1924 pela Deutsche Gesellschaft für Schäelingsbekämpfung mbH (Degesch), produto inodoro misturado a seguir com odorizador, como é o caso do gás de cozinha. Na França, o produto foi fabricado pelo Grupo Ugine numa fábrica de Villers Saint-Sépulcre, no Oise. Os judeus poloneses viram com nitidez a cor e o formato do demônio, embaixo do chuveiro.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s