Na outra margem das palavras

001

Sajjad Sharif/Benatti

 

gostaria de cruzar para a outra margem das palavras

iria  achar  tudo muito significativo, muito verdadeiro

todas as coisas assinaladas  metamorfoseiam-se  em palavras

que gritam, varrem e devastam  gerações inteiras

onde se encontra o lago cuja água eternamente  parada

não vai mais ondular mesmo que  uma pedra seja  lançada nele?

 

O inarticulado parece estar vivo

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s