O quarto branco

 

001

Ali Abdollahi/Benatti

 

pardais

no pé de romã do pátio

as folhas brotam

minhas irmãs crescem

e meus pais envelhecem

meu quarto caiado

 

livros, os soldados de Xerxes derrotados

 

na cal branca abaixo do pórtico da varanda

três faixas castanhas

 

dias

neste quarto e

as linhas de água

 

à noite cai a chuva

os homens alegram-se

por seus rebanhos

 

os beirais lêem para mim “Os analectos”

 

chuvas, ventos

e noites de Confúcio

neste quarto branco

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s