Expresso Macchione rumo a Santo Onofre: vagas na 2ª. classe

001

Luiz Roberto Benatti

 

Afonso Macchione enfeitou a cidade. Qual delas? Pergunto porque são muitas. Uma coisa é a pólis, na qual os helenos localizaram a ágora, o senado, os banhos, os templos religiosos;  outras, diversas, são as poléis: limites entre cidade e zona rural, fuligem, ônibus lotado de trajeto interminável, casas mal erguidas e ainda não concluídas, escassa refeição à mesa. Macchione governou para o que chamamos de pequena elite. Pequena, porque, comparadas com as da França, as nossas nem em Montparnasse estariam localizadas. Cada pólis tem as poléis que enfeiam a cidade do consumo sem peias ou ameias. Muros caprichados nas pólis custam mais que casinhas nas poléis. Os grã-finos empurram as poléis cada vez para mais longe do centro, já que nos baixios da ponte não haveria lugar se não para duas ou três famílias. Sugestão ao Mac: use a tela da Tarsila nos santinhos do Nílton, Davoli e Cidimar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s