Onde está o culpado?

0011

 

Luiz Roberto Benatti

 

o mau político não tem

culpa se a Poesia

partiu-s ao meio

atropelada por crocodilo enlouquecido

 

o crocodilo não tem culpa

por estar faminto num charco

de onde evadiu-se

à procura dum boi gordo metafórico

 

o boi metafórico

alimenta-se de commodities

vai à feira

onde lhe penduram crachás nos úberes

 

culpada foi

& será sempre a Poesia

prostituta velha e revelha

hoje incapaz de chorar

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s