Depois da festa, os fotógrafos também ficaram de porre

0011

Luiz Roberto Benatti

 

se eu trancar a porta

abra-a

se eu a abrir

tranque-a

descubra a casa

leve o sol para o porão

quando a chuva vier

guarde os pingos na geladeira

três dias depois

misture gelo e saibro]

modele um camelo

e atravesse o deserto

o amor não tem pressa

e muitas vezes empaca no fim da rua

os otimistas vão-me achar negativo

os negativos racharão de rir

para quem anda de coche

resta um consolo romântico

volte amanhã para eu contar

o que ocorreu com os padrinhos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s