Rafael Cervantes e a última piada solitária

001

Luiz Roberto Benatti

 Quem bater à porta do Facebook de RC lerá a última piada que ele recortou dalguma publicação de Língua espanhola, o idioma de seus ascendentes. Duas pessoas conversam e uma delas pergunta à outra o que está ela fazendo, ao que o perguntado responde que matava moscas. Quantas? Seis; 4 machos e 2 fêmeas.Como é que você sabe? Sei porque 4 delas estavam no copo de cerveja e duas no espelho. RC era um solitário que disfarçava sua sozinhez num mundo de solitários que acreditam viver numa coletividade que o tempo todo faz juras de amor eterno e bebe à saúde de deuses falidos. O teatro era a sua caixa de ressonância onde ele fazia de tudo: coreógrafo, ator, encenador, figurinista. Entre 2005 e 2006, quando inventamos a Estação Cultura, pela pouca idade, ele não surgira entre nós, e nos anos seguintes, até 2013, quando retornei, ele já se fôra por força dos desarranjos improdutivos: acusaram-no disso e daquilo até que o afastaram em nome duma produção teatral mambembe. Faltava-lhe o criador. Desse modo, RC foi sucateado bem cedo, Artaud na província.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s