Camille Claudel

001

Lucía Estrada/Benatti

 

ela imaginou um cárcere

flor de loucura

transfigurada em pedra

reconheceu-se em desvantagem

aguçou as mãos

o rosto

o vazio

e os restos de sua sombra

devorada por formigas

numa velha fotografia

da casa

sua figura

se dissolve

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s