Para pouco e bons, a noite no Tênis era um palco iluminado

001

Luiz Roberto Benatti

 

O dissídio do Tênis com a sociedade catanduvense como um  todo tem quase tantos anos quantos são os da cidade:há 80 anos,  o progressismo do Clube 7, derrotado,  foi anulado pela elite do  vencedor. The winner takes all. Embora o prefeito trieleito seja meridional pelos ossos e os fundamentos filosóficos, no Tênis, estará ele sempre em casa, em meio à plateia branca, religiosa e abonada. Não notei o traço mais discreto de negro ou pardo. Quanto ao Davoli, pequeno Hercules furens, com base em minha intuição de velho professor de Filosofia e Lógica, penso que sua investida contra o Ari se deveu a um desencaixe: o Tênis não é sua morada. Como ele continuará terça após terça a apostrofar contra Vinholli e seu grupo, recomendo-lhe, com o Bié ao lado, elaborar os projetos que não saíram do papel durante 4 anos, regiamente pagos que foram pela prefeitura e a comunidade. Ou então que ele se mudasse para a França para praticar ciclismo, ou futebol americano na América. erH

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s