As quatro estações

001

Luiz Roberto Benatti

 

não ocorreu a qualquer um deles

austeros ou sorridentes

atravessar a rua

livraria em frente

no Dicionário consultar

equinócio e solstício

não estávamos na Dinamarca

mas todos eles tinham rasgado mapas e sextantes

no ano anterior

se as definições provocassem  tédio

poderiam anotar rimas

para as próximas palavras- cruzadas

no Verão intérmino choviam em si próprios

mas voltavam secos para casa

bife magro ovo com feijão e arroz a bronca da mulher

o tempo quente pelava os cães

e apressava os cavalos para o bebedouro

do Outono ninguém soube nada

se havia milho verde para a pamonha

ou pescaria de tambiús sob a ponte

mentiam sobre o Inverno

postal em sépia da Europa

Roma coberta de neve

nenhum deles despertou para o tórrido amor

da Primavera

e a vida continuou assim por mitos & muitos anos

até que a filha do meio de um deles  casou-se com o neto do açougueiro

ganhou da sogra um cutelo de ouro

para ser usado nas bodas de ouro

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s