Os novos jovens

001

Sílvia Gabas

Os novos jovens
Chegam às pencas
Do fundo das eras,
Para o eterno engano cósmico.
Palermas sem futuro,
experiências malogradas
sob novas vestes,
A cheirar o rosto da Terra
Uma vez mais.
Com certo pasmo os vislumbro,
Num misto de compaixão,
De antemão já sabendo
Que tudo
seja vão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s