A estrutura do ostinato adianta  o relógio da música e da pintura e todos nós poderemos ganhar com isso

Luiz Roberto Benatti

 001002

 Na elaboração do  Bolero, cujos compassos  os ouvintes seguem de coração suspenso, enquanto ensaiam tapinhas discretos no tampo da mesa, Ravel aplicou a estrutura do ostinato, de ritmo uniforme e invariável, graças à repetição de dois compassos por 169 vezes. Schoenberg e Stravinsky fizeram o mesmo com Pierrot lunaire e A sagração da Primavera. O ostinato é parente da passacaglia cujo tema é repetido de modo constante no baixo com variações sobre o tema na melodia principal. Tanto o ostinato quanto a passacaglia resultam em estranheza e distanciamento do cediço.Reeducar o ouvido ou o sentido da visão é modo seguro de vir de volta para o futuro.  Assim, entramos na modernidade pela porta da frente, ainda que parte da assistência atire tomate apodrecido nos compositores. Tanto pior para quem queira continuar enroscado na engrenagem enferrujada. Broadway boogie-woogie, de Mondrian, organiza-se numa variante do ostinato: a tela revela-se como partitura de repetições significativas. Em Catanduva, quem faz isso com domínio do traço e bom gosto no uso da cor é Pedro Pinotti. Pedro nos ajuda a tomar boa distância das flores de papel crepom. Na poesia nacional, João Cabral de Melo Neto construiu o longo poema Uma faca só lâmina com o uso de técnica idêntica:Assim como uma bala/enterrada no corpo/fazendo mais espesso/um dos lados do morto//assim como uma bala/do chumbo pesado/no músculo de um homem/pesando-o mais de um lado//qual bala que tivesse/um vivo mecanismo/bala que possuísse/um coração ativo (…)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s