Cabras

001

Lea Schneider/Benatti

cabras. estão em toda parte, com o  odor que se desprende do solo : entre os chifres  oculta-se  um buraco negro e nessa etapa não são muito profundos  e podem ser utilizados sem autorização  oficial; necessário será  também ater-se aos fatos quando houver poucas entre eles. Consequentemente, as árvores floridas já terão passado por colheita , de acordo com o monopólio das cabras ;   com a proximidade da antepenúltima   geração,  a população local saberá como cuidar das omissões  , as bases de ganho de cada um . de acordo com qualquer ideologia estabelecida e legitimada por esquecimento universal de sua gênese.  Assim, a situação atual corresponde ao estado natural imutável – um intervalo preenchido por cabras uma vez por ano, tudo sujeito à rapinagem, festa do grande lucro  com a matéria consorciada  por eles não fosse outro  o costume.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s