Palavras ao vento de Outono

001

Sílvia Gabas

 Quem, me diga, suporta mais o fanático, esse ser que se recusa a ver o real e persiste no autoengano, ainda que a verdade se estatele a seus pés?
Quanto mais ela é escancarada, maior o desespero em negá-la.
Há  certo desdém em ser visto como portador de algum estranho transtorno mental, que cega e blinda seu olhar e cérebro, vedados a qualquer aproximação da lucidez.
Não veem e não verão.
Seguem com sua fala robotizada, adestrada, amestrada.
Zumbis ridículos, insanos, inoportunos.
Haja tolerância com essa gente irracional, de mente abduzida por um pensamento único, hipertrofiado e equivocado.
Deles me cansei.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s