Ron Padgett

001

Luiz Roberto Benatti

 

se eu morasse num vagão de estrada de ferro

poderia me dar conta de que

Novallis foi de fato um sábio

ao afirmar que tempo é espaço interior

e espaço é tempo exterior

não precisaria ir do quarto para a cozinha

nem desta mais tarde para a biblioteca

porque tudo estaria no mesmo lugar

da janela embaçada do  vagão

eu aprenderia a conviver com

os bichos que a custo tentam sobreviver lá fora

o tatu, a coruja, o sabiá, o gambá e as cobras

acordam mais cedo e só se recolhem na madrugada alta

porque a procura por comida ficou tão difícil

na Natureza como na cidade

para onde eu me desloco cada vez mais em porções menores

dê-me, Homero, o poema de cada dia

e não me deixe ansioso com o de amanhã

se os banqueiros & seus comparsas querem todo

o dinheiro do mundo

vamos dar-lhes também nossas meias

embrulhadas em falsas esperanças

e convidá-los para uma sessão de Poesia

só para vê-los entediar-se

e a seguir ferrar no sono

enquanto babam na última gravada da moda

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s