Perambulações dum velho louco

001

Luiz Roberto Benatti

 

Nampo     Kuum-ni

Aktau        Taraz

Babol         Dargaz

Abinsk       Angarsk

Belfast        Derry

 

costurei nos olhos o mapa do globo

nem as prostitutas dão água aos loucos

li Kerouac num tanque destroçado

vomitei peixe podre em Marseille

Ao amarrar os trapos com mulher

vou-me provar um idiota azedo e infeliz

Dois loucos trêbados berram sem parar

às  duas da manhã

os trinta nomes do diabo

num desvão de porta mijada

Wanderings of an  old fool

Nampo     Kuum-ni

Aktau        Taraz

Babol         Dargaz

Abinsk       Angarsk

Belfast        Derry

sewed in the eyes of the world map

not even the prostitutes give water to the fool men

read Kerouac in a tank destroyed

vomited rotten fish in Marseille

By trying the knot with a woman

I will prove myself an idiot and miserable sour

Two crazy drunks scream without stopping

the trhirty names of the Devil

an attic door leak

 

Anúncios

2 comentários sobre “Perambulações dum velho louco

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s