Leitor sensível

001

Sílvia Gabas

 

Não bastasse tudo, o jornal Folha de S. Paulo vem hoje com uma matéria intitulada “Leitor sensível”. Afirma sem enrubescer que a sensibilidade dos tempos de causas identitárias gerou uma profissão no mercado editorial: o “leitor sensível” para evitar ofensas em livros e rótulo de politicamente incorreto.
Não satisfeita em nos faze cair das pernas, apresenta dois desses “leitores sensíveis”: a primeira é “negra, latina, feminista, pais depressivos e alcoólatras, baixa renda, vítima de abuso sexual, psicológico e emocional, agnóstica”; o segundo é apresentado como “gay, negro, muçulmano, família de baixa renda e diagnosticado com transtorno de depressão e ansiedade”.
E é nesse momento que, antes de amassar o dito jornal, pergunto:
E o que tem a literatura com isso?
A literatura não existe para agradar, amansar, pegar no colo carentes e fragilizados, sejam eles quem for ou de onde vierem.
A literatura não é dirigida a mentes melindradas nem cuida de sentimentalismo barato, fácil e superficial.

A literatura não se volta para os que vêm intimidá-la com suas carências e seu desejo de ser aceito à força, mesmo vivendo em um mundo em que as pessoas têm padrões de conforto e liberdade muito superiores a todas as demais gerações que habitaram o planeta, criando a figura da vítima universal, ondo o mundo, que não é um berçário como é sabido por todos, lhes deve alguma coisa.
E isso agora atinge a literatura, lugar da alta cultura, patrimônio de uma elite mental que independe da classe social de onde provenham.
A literatura fala de temas universais, de vida, morte, transcendências, impossibilidades, nos retira do lugar de conforto, perturba, nos leva para abismos, soqueia o estômago, leva a viagens jamais sonhadas.
Seu lugar é a léguas de distância dessa turba mimada e medíocre, fruto de uma geração nascida na “civilização do espetáculo”, em que tudo o que é raro corre o risco de ser pisoteado por pés bárbaros.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s