O amor é um pássaro que bica

002

Para Fernando Macedo

Luiz Roberto Benatti

 

emendei mnha língua à sua

até que as pedras amanhecessem

se você quiser morar em  caverna

traga cobertor em chamas

não me prenda numa gaiola

sou pássaro desalmado

do coração faço minhas tripas

dou de cara com a colisão

dou de cara com a colisão

verto sangue pelo pulmão

dou de cara com a colisão

lanço-me fundo num vulcão

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s