Álbum de Mata-Hari

001

001

001

Luiz Roberto Benatti

 É possível que, ao dizer que toda nudez seria fatalmente castigada, Nélson Rodrigues se lembrasse da esplendorosa nudez de Mata-Hari. Luz Del Fuego ficou-lhe devendo parte da  sensualidade e a cobra enrolada no ventre. Greta Garbo, Jeanne Moreau, as dançarinas do ventre, as cabrochas do Carnaval carioca, as charmosas mulheres do desfile de modas – todas elas devem à holandesa fuzilada por espionagem na Primeira guerra tanto o modo como se apresentam como um modelo de destino que poderia ter sido o de cada uma delas não fossem os mistérios do coração e os descaminhos da política.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s