O passado está sempre ali disfarçado de presente

001

Luiz Roberto Benatti

o passado está sempre ali

disfarçado de presente

apague a vela do ausente

o brontossauro engoliu o terço

mas vomitou a fé futura

dedo aceso no escuro

furo no tímpano sangradouro

morte atroz no matadouro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s