Riqueza enterrada não é riqueza

001

Prof. Mário Eugênio Saturno

Há gente que se julga nacionalista e patriota por defender que a exploração do subsolo, a extração das riquezas minerais deva ser feita pelos próprios brasileiros, em especial, por estatais. É o caso da Petrobras: acreditam que esta estatal seja o ator na exploração das reservas do pré-sal. Seria a garantia de as  riquezas ser utilizadas para os brasileiros através de investimentos em saúde e educação.

É muito óbvio que isso não é verdade. Para se explorar o petróleo é preciso mobilizar  investimentos gigantescos, algo que está fora das possibilidades da Petrobras. Para que uma riqueza mineral possa trazer bem -estar, é preciso primeiro que ela vire riqueza real. Por que há necessidade de se ter uma empresa estatal?

Pensemos! O empresário tem que ter recursos financeiros e humanos de alta qualidade. Precisa de maquinário, logística etc. Tudo para produzir e obter lucro. O governo não faz nada, vai nessa empresa e arrecada uma fração enorme da receita. É o sócio leonino que nunca perde, não tem dor de cabeça, que tem o poder do Estado.

Querer que o governo gerencie uma empresa é de uma estupidez sem tamanho, basta ver o que os petistas fizeram nas estatais. O Estado só deve fazer aquilo que ninguém queira fazer. Quanto ao restante, deverá entrega-lo às mãos dos cidadãos. Ou alguém é contra um empresário ter lucro? Qual a diferença de um empresário ter lucro e um político instalar uma quadrilha na estatal? O lucro é honesto, já a corrupção…  Portanto, aquelas pessoas não são patriotas, podem ser socialistas ou comunistas ou “estatistas”. Talvez até mal informadas.

Aliás, e por que a empresa tem que ser de brasileiros? Se o brasileiro não tem capital para investir, nada mais justo que se faça parceria ou até mesmo abertura de mercado ao capital estrangeiro. De que vale o país ficar fechado na miséria? Um país de jovens como o Brasil precisa criar muitos empregos e, de preferência, de alta qualidade. Enfim, aqueles nacionalistas fazem mal à nação e  deveriam ser ignorados.

Resumindo, riqueza enterrada não serve para nada, não cura um doente, não salva nenhuma vida, não educa ninguém, não promove o progresso! É preciso aproveitar as oportunidades para  gerar e girar a riqueza de forma que reverta benefícios ao povo brasileiro.

Veja o exemplo do pré-sal: foi descoberto há dez anos, mas a falta de visão econômica do Lula e seus petista fez o Brasil perder a maior oportunidade que apareceu neste país. Em uma época que o petróleo valia muito, Lula deveria fazer os leilões dos campos de petróleo, mas não o  fez… Eita!. A ANP estima que o Brasil já perdeu um trilhão de reais… Aprendam, petistas, perderam empregos, investimentos, crescimento econômico.

A Dilma fez um leilão, as empresas fizeram um cartel e não houve disputa, pagaram o preço mínimo. Agora, apesar da crise política, com dois pedidos de “impeachment” do presidente Michel Temer, o leilão de campos de petróleo do pré-sal realizado em 27 de outubro garantiu ao governo uma arrecadação de R$ 6 bilhões. As empresas vencedoras devem investir R$ 100 bilhões no Brasil e criar até 500 mil empregos. E gerar US$ 130 bilhões em royalties. É o que eu chamo de nacionalismo inteligente.

Mario Eugenio Saturno (cientecfan.blogspot.com) é Tecnologista Sênior do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e congregado mariano.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s