O conjunto republicano de CTV, ou Como o Legislativo, por falta de lugar próprio, parece deslocar o Executivo para a oblíqua

001

Luiz Roberto Benatti

 

Nesta foto aérea raríssima, vemos com nitidez o prédio da prefeitura e a Câmara recentemente construídos numa das 3 seções do antigo Parque das Américas, sobre leito de turfa. Pelo que soubemos, acalorada foi a discussão entre os arquitetos Bila e Luís de França Rolland sobre se a melhor localização da Câmara não teria sido na seção ao lado onde Warley Agudo Romão mandou abrigar o Terminal de ônibus urbanos. Warley parece ter fincado pé no modo como hoje os prédios se ajuntam, empurram-se e se espremem no quarteirão  em que estão. Sylvio Salles, o prefeito que construiu o parque, deve ter dirigido aos responsáveis pela substituição dos antigos jardins praga que cruzou as décadas até nos alcançar em 2013, com o prefeito Geraldo Vinholli na administração, a partir de cujo momento um grupo de edis vociferantes, terça após terça, ergueu lanças de madeira e flâmulas rotas, com  o propósito de semear o caminho para o retorno de Afonso Macchione, cuja crença republicana é bastante discutível.A Câmara acabou por empurrar a prefeitura para o fundo dando-lhe posição oblíqua em relação ao terreno.  O empilhamento lembra um pouco peças de dominó que não tivessem sido deitadas à mesa. Catanduva parece ter gosto por caminhos que deveriam ser evitados porque o futuro poderá reservar a agentes do caos resultados pessoais imprevisíveis.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s