É melhor guardar suas lembranças no sótão

001

Luiz  Roberto Benatti

 nada parecido com o tempo

em que depois do jantar pai e mãe

levavam as cadeiras para a calçada

à espera de que o vizinho trouxesse

para cá lágrimas e lembranças

a Guerra o gás mostarda o cigarro fumado na trincheira

agora as lembranças habitam um córrego

infestado  de jacarés famintos

o machado enferrujado não fabrica toros

para o café da tarde

mas decepa língua e orelha

Raskolnikov janta conosco

se você disser sim ouvirão não

porque a ordem das palavras

nas pedras do dominó  tem apenas

um zero branco encolhido e tiritante de frio

em pleno Verão

estamos no deserto e Jó morreu de desgosto

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s