Memórias ferroviárias

001

Luiz Roberto Benatti

 Você pode não acreditar, mas até mesmo quando se dispôs a escrever suas memórias de ferroviário meu tio-bisavô Mario Buongiardino vestia-se com o uniforme inglês que usou por décadas na estação inglesa de Cheltenham, fim de mundo tão longínquo que jamais me dispus a visitar. Ele falava de trens até mesmo quando dormia e penso  que em vez de respirar no sono como todos nós fazemos ele apitava como composição  que se aproxima da estação. Ele dizia: um trem, meu caro, é para sempre, porque você jamais irá se esquecer da emoção que provoca em nós  ao fazer uma curva acentuada ou cruzar um túnel, como esse da foto que eu levo no bolso interno do casaco. O mundo mudou e mudou para pior, e isso, garanto, não é conversa mole de senil. Hoje quem manda na ferrovia é um sujeito miliardário que poderia estar na África fuzilando elefantes para vender as presas de marfim, ou então administrando o porto de Mariel em Cuba. O capitalista vende a nona sentada à sua frente enquanto come com desmedido prazer a velha polenta. Suponha que cada vagão carregue 180 toneladas e que a composição de cabo a rabo arraste 80 vagões e que você, com seu vasto conhecimento de Mecânica, garanta ao Ávida Dollars que poderá empilhar cofre sobre cofre a fim de o trem poder transportar o dobro da carga sem gastar um centavo a mais com o salário do pessoal de serviço, você assistirá à dança orgiástica do dono da ferrovia. Ele vai-se agitar tanto, que os miolos moles de sua cachola irão descarrilar. Agora, estamos os dois em Reggio Calabria, onde você está muito curioso em saber como é que eu me tornei miliardário. Infelizmente, não foi como ferroviário, porque ferroviários crentes como eu morrem na lona, mas foi com o carrinho de pipoca em frente da estação de Catanduva que eu faturei muito alto, graças ao molho preparado por sua tia-bisavó, minha inesquecível companheira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s