Alda Merini – Poeta e ícone italiano

Carole David/Benatti

 “ Nasci na Primavera, mas não sabia que era louca”

 

durante a infância, quase todas as

noites, você entrava  no inferno de Dante

e aprendia de cor: labirintos, círculos

 

concêntricos; o bestiário acabou por engolir

sua alma por inteiro; sua mão solitária, monstro

exilado e feito  a partir de dejetos e móveis

 

de asilo, terra santa, a salvo de guerras,

semideuses e suas promessas;

sua fúria de amor a fez  posar nua:

 

corpo de  velha senhora,  pele desbotada

à  sombra dum  crucifixo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s