Amarás o marquês De Sade como a ti mesmo

001

Elko Perissinotti & Luiz Roberto Benatti

 

Depois de passar os olhos pela resenha do jornal La stampa sobre o filme de Steven Soderbergh, Terapia de risco, o marquês mandou chamar Justine e o namorado para uma viagem de 2 meses a Londres em visita a Sigmund Freud. O marquês dividia com Justine o namorado, bem como as prolongadas crises histéricas de ambos. Imprevisíveis ou então mais previsíveis do que aparentavam ser, ambos puseram fogo nas vestes dum cardeal e chicotearam o cocheiro até a morte. O cocheiro estava encantado com as coxas da moça e a moça deliciava-se com a vista do corpo nu do cocheiro. Ela o agarrou na dobra dum longo corredor escuro  do convento das carmelitas, o cocheiro estremeceu da cabeça aos pés, ensaiou algumas manobras aprendidas com o marquês, Justine recuou e prometeu vingança para o dia seguinte. Depois de sangrar os constados do desgraçado, cobriram-lhe as feridas com sal da Sardenha. O rapaz quis aplicar-lhe pimenta mexicana, todavia não localizou o porw presenteado por Octávio Paz no ano anterior.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s