O povo é chato e para dizer a verdade há gente demais no mundo

001

Luiz Roberto Benatti

 Vivem reclamando. Você dá a mão, eles querem o pé. Pé frio no Inverno é algo mortal.  É feijoada no sábado, churrasco no domingo, birra todos os dias. Nada de querer pagar imposto, gritam contra o aumento no preço da gasolina, com a fumaça preta do ônibus, com o mau cheiro do garapão, com a fuligem da cana. Ora, cara, se não houvesse cana, quem iria ver o sol quadrado? Eles que arrumem um quartinho íntimo na Estrada do Boi Quadrado.  Povo enche o saco. Já me tiraram da cama, em dia de tempestade, às 10 da manhã. É demais. Eles dizem no Café da esquina que ganhamos muito. Muito é a nona Albertina. Eu quero mais é o meu santo gole de 12 anos. Depois do 5º. mandato eu me aposento e vou pescar na Onça.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s