Rir-se  com Chaplin é um prazer

001

Gloria Dünkler/Benatti

 

rir-ae com Chaplín é um prazer, mas não  para o jovem Karl

que  iria cuspir com gosto  na cara  do bufão

aborrecido mas  ansioso para ir à guerra

agora que o país a deseja  nas trincheiras víquingues

o Trancura zomba dele

ao dar com  as mandíbulas de água  nos  remos

talvez numa  noite dessas  por trás  dos escombros

sentado sobre os mortos da viagem

esse garoto  olhe para a foto do  avô

e me pergunte quem foi aquele  louco

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s