Jung, até agora, não foi procurado por Jair Bolsonaro ou qualquer entusiasta de seu agrupamento  de crédulos

001

Luiz Roberto Benatti

O fratricídio de Caim contra Abel, seu irmão, foi motivado pelo ciúme, a que se seguiram raiva e ódio. A generalizada matança da mais cruel das guerras – chamada de Primeira – foi motivada pelo desejo de potência, pois que os que  seguiram para o fronte estavam certos de que de lá sairiam vivos e com o peito coberto de medalhas. O homicídio cometido pelo esfaqueador foi motivado pela ira contra o candidato à presidência que, por tempo largo, fez do revólver seu símbolo de campanha. O atributo de potência não infla apenas o peito do varão, porque inúmeras são as mulheres que, no momento, gritam o nome do salvador e crêem, como os machos, que o melhor governo é o governo dum homem só. No que diz respeito  à cachola das criaturas humanas, o bolsonarista, dentre os que conheço, não irão procurar Jung, o amigo de Freud, para curar-se da vontade de potência. É pena porque o suíço desenvolveu o conceito de individuação, em cujos andaimes assentam-se as noções de animus e anima que, conhecidos pelos catanduvenses, provocará escárnio ou arrepio na espinha. Em resumo, anima é a porção psicanalítica que, no homem, revela sua componente feminina que o Bolsonarista cuspirá para longe porque isso vai lembrá-lo de que seria melhor morrer do que parecer-se com Pabblo Vittar. O macho dentre nós não será jamais figura crepuscular. Na mulher, o animus faz as vezes de figuração do homem. Jung não era estúpido, e o que ele quis afirmar foi que a estrutura da psique, para ser íntegra, terá de conviver, não com o exibicionismo do bíceps, mas com a linguagem polida e o gosto por evitar ações histéricas na casa, na rua ou no bar. O que Jair Bolsonaro faz é trazer à tona o predador que já fomos, segundo o testemunho de Charles Darwin.Que os entusiastas do revólver não se esqueçam de que, se o  candidato desequilibrado vencer, haverá tumulto cuja fumaça chegará à escola onde estuda seu filho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s