Três condições para um golpe de Estado bem-sucedido

001

Luiz Roberto Benatti

A serpente já pusera os ovos no ninho há algum tempo, tempo o bastante para os filhotes iniciarem os exercícios de musculação para poder enrodilhar-se e distender-se por aí e berrar o grito de guerra “Morte aos infiéis! Abaixo o Congresso venezuelano-comunista” Assim, foram feitas as coisas noutros dias e desse modo continuariam a ser feitas. No momento, a víbora, meio anestesiada, só pode emitir sibilos quase inaudíveis, mas os aficionados choram e oram ao pé do serpentário. Além da inegável elegância, John Kenneth Galbraight foi homem muito inteligente, razão porque, com invejável poder de síntese, escreveu o roteiro do golpe de Estado num livro fabuloso chamado A era da incerteza. O roteiro tem 3 capítulos: 1º.) o golpe de Estado será bem-sucedido se você acertar um potente pontapé numa porta de madeira apodrecida. Ao contrário da porta, o pé continuará sadio e pronto para novas investidas; 2º.) o golpe de Estado terá  de obrigatoriamente ser conduzido por alguém capaz de levantar a massa. Esqueçam-se de Brancaleone ou de dipsômanos  como Jânio Quadros; 3º)para que o golpe se complete e, assim completo, poder alcançar o pleno sucesso, a massa deverá estar disposta a morrer pelo líder. Au revoir, mês enfants!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s