Para escapar ao inferno temos de passear com W. Reich pelo inferno

Luiz Roberto Benatti

 

É truísmo puro dizer que tanto o Bem quanto o Mal não se distribuem por igual. No que diz respeito ao pão e à carne à mesa, você terá de comprá-los no mercado. No mercado, há gôndolas e catracas, por trás das quais a carne será de superior qualidade sempre que você puder trocar dinheiro de papel por grana de plástico. Os grupos humanos encurralam-se nas chiunchas, onde os partidos à esquerda recolhem a idéia dum mundo que poderia transformar-se desde que. A questão é que o líder à esquerda muitas vezes pensa o mesmo que o líder à direita, tanto é verdade que Adolf Hitler trocou, em 1928, o partido dos trabalhadores alemães pelo partido socialista dos trabalhadores alemães. O  adjetivo não fez cócegas em ninguém com mais de 18 anos, mas serviu para dizer à massa germânica que o melhor era dobrar-se aos pés do líder porque le dejeuner sur l’herbe seria servido  para todos, desde que você não ficasse pelado no campo. Seria melhor, se tempo houver, iniciar-se na leitura de Reich, porque o fascismo, bolshevista, bolsonarista ou à Mussolini extrai da repressão sexual o ouro e o veneno dos tolos. Como afirmou Reich¨”O fascismo é o frenesi dos aleijados sexuais”. Chore e compre um revólver que o Inferno será seu. Notou o formato do revólver?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s