Facécias dúbias para encantar bovinos ou algumas idéias para  quem não tem a menor noção do que seja idéia

001

Luiz Roberto Benatti

 

Em vez de pensar com alguns gramas de lógica, o recomendável é não pensar. Faça como os bovinos que pisoteiam o solo até ceramizá-lo e comem pela rama o capim ralo. Como o ato de pensar nos deixa estafados, vá pescar. Cuidado com a vaca! Todavia, recomendo ao leitor que faça um estudozinho comparativo entre as partes da carne da vaca e a possibilidade de você dizer algumas bobagens como se fossem pensamentos edificantes.

1} Cachaço: carne recomendada à confecção de hambúrguer. Se as crianças começarem a perguntar para que servem a faca de dois legumes e o nariz do papa, enfie nelas goela abaixo dois

Macinfelizes de uma vez só.

Acém: o acém redondo é como o pensamento redondo: não há no planeta Brasil quem saiba onde começa ou onde termina.

Pá: para quem gosta de falar muito e não dizer nada. Esse tipo de pensamento tem de ser oferecido em pás ou caçambas.

Maçã do peito: para pensamentos imorais, perigosos e capazes de nos levar à ruína moral.

Chambão: rico em matéria gelatinosa quando a reflexão fica parecida com uma meleca esverdeada.

Chã de fora: recomendada para os lorpas.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s