O desmedido poder, o sonho e a loucura de Nabucodonosor

001

Luiz Roberto Benatti

 

a árvore empurrava-se a si mesma

para as nuvens e o céu

onde se encontrava com os raios

e a chuva

a árvore convidava os pássaros e o esquilo para o abrigo noturno e o banquete dos frutos partilhados

mas Nabucodonosor trocou a alma pelo cetro e erigiu Babilônia como cidade eterna

a loucura do rei era uma jaula imensa instalada em seu cérebro

ele dormiu e sonhou que a árvore se abatia

e que ele como o boi iria comer capim

cabelos longos como crina de cavalo

unhas de águia

até que a dor em si mesma se fizesse

abcesso noite dor e sofrimento e riacho de humildade

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.