No jardim de Byung-Chul Han

002

Luiz Roberto Benatti

 

o cacto ensinou-me que a torção natural

não se faz diante do espelho

nem é expressão do Capital

que pelo mundo espalha pólen e semente

o cacto tem um desenho

que nasce dentro de si

aflora sem cansaço e constrangimento

o cacto não chora nem grita

nem alimenta sombra da idéia

de que é o senhor da Natureza

ou que vai durar para além do grito do vulcão

a flor do cacto acorda de madrugada

e fecha-se antes do meio-dia

e diz às abelhas o mel é gratuito

e não foi produzido pela química  farmacêutica

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s