Em vez de a Sociedade italiana chamar-se Dante Alighieri foi batizada de D’Annunzio, ricaço falastrão

Luiz Roberto Benatti

D’Annunzio nasceu em Pescara, no Abbruzo, em 1863. Foi moço rico, filho de proprietário de terras, motivo pelo qual ele a família continuaram na Itália. Quando Gabriele tinha 20 anos, em 7 de novembro de 1883, Machado de Assis escreveu na Gazeta de Notícias, do Rio de Janeiro: “Nascer rico é uma grande vantagem que nem todos sabem apreciar. Qual não será a de nascer rei? Essa é ainda mais preciosa, não só por ser mais rara, como porque não se pode chegar lá por esforço próprio, salvo alguns desses lances tão extraordinários, que a história toda se desloca. Sobe-se de carteiro a milionário; não se sobe de milionário a príncipe”. Meio aos trancos e barrancos, mas com o aprumo dum almofadinha ou patricinho, D’Annunzio fez o percurso, mas sua queda o deslocou com ímpeto e fúria. Em nome da sandice aviatória, cegou um olho e, quase às vésperas da Segunda Guerra Mundial, quando já parecia não haver mais lugar para ousadias e excentricidades como as suas, Gabriele morreu distante de tudo e de todos, no Lago de Garda, em 1938. Se nos esquecermos do aparatoso cenário bélico, das patriotadas sem fim e aborrecidas, dos peitos enfunados pela voz de trovão, temos de admitir, sem ironia, que Ico Ceneviva e João Clemente foram dois filhos de D’Annunzio em CTV. Como a Guerra fria foi insidiosa e cultivava o apego às sombras, ambos não puderam contar com assistência engajada na guerra de campo. Loucos de pedra lá em cima, desligavam o motor do Cesna e, enquanto um deles pilotava, o parceiro saía da cabine para pendurar-se no nariz do avião e manobrar a hélice. Trapézio voador. Passavam sob ponte. Para viver sorridente e contar, à sua volta, mil admiradores, você tem de ser destro na arte de fazer o impossível como se possível fosse. As coisas eram assim naqueles dias. Em 1898, dias de breu e tifo no São Domingos do Cerradinho, Gabriele escreveu La città morta [A cidade morta], cujo título Monteiro Lobato assimilou. Gabriele foi buscá-lo em Dante: la città dolente é Dite ou o inferno. As guerras são infernais, mas sem elas os histriões não vivem. Gabriele sorveu desse absinto até a última gota. Depois de dissipar fortuna, gastar o que tinha e o que não tinha, acuado por credores nervosos, D’Annunzio fugiu para Paris, centro do mundo cultural, e trocou pela dançarina Eleonora Duse a mulher original. Com Claude Debussy escreveu O martírio de São Sebastião, o santo flechado dos homossexuais. Gabriele foi um Píer Paolo Pasolini à direita. Subiu em caixote e foi pregar em favor da guerra, ganhou uma multidão de fiéis como piloto de caça e os admiradores foram ao delírio. Toda multidão embevecida aperfeiçoa mecanismos fonéticos de delírio. Para negar a vida repetitiva e tediosa de todos os dias, inventamos truques, frases estapafúrdias e gestos mirabolantes. Em fevereiro de 1918, fez incursões aéreas no porto de Bukar, na Croácia, e isto bastou para levantar o ânimo dos italianos escarmentados pelo desastre de Caporetto. Subiu, uma vez mais, aos céus e panfletou do alto Viena. A seguir, tomou Fiume [hoje, Rijeka, na Croácia]: como general comandante de 2000 soldados, obrigou norte-americanos, britânicos e franceses a retirar-se. Foi a glória! Virou duce e declarou a independência de Fiume. Como a loucura em pequenas doses é bobagem, declarou também guerra à Itália. Quem dorme com um barulho desses! Em 1920 (ano de instalação do clube dos italianos de CTV), baixou o topete e rendeu-se, velho e fatigado. Não se envolveu de corpo e alma na política fascista, por não ter-se reconhecido no discípulo, mas foi, sem dúvida, o melhor figurino de Benito, Adolfo, Franco, Salazar, Perón, Vargas o tutti quanti.

[Na imagem, ele repousa como um dândi em sua mansão. Foi esse o homem que inspirou os fundadores do clube, remediados, porém admiradores do fascismo.]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.