INTRODUÇÃO AO LOBO

Drazen Katunaric/Benatti

Esquio, longe  da natureza, como se quisesse roubar seu mistério. Para mim, ela é apenas  lugar de passagem  e trilhas  para os pés.

Mas somente numa  queda é que distinguimos corpo de alma. Apenas numa  queda achei-me    preparado  para retornar à  natureza, ocasião em que  afundei  mãos e pés na neve.

Tudo mudou, de repente e  para sempre de uma vez: um silêncio,Um silêncio ameaçador tomou conta de mim. A cobertura   branca na quietude dos galhos, tudo era  solene.

A poucos metros de mim, um lobo apareceu.

Ele desceu a encosta e caminhou  para o vale. Eu vi a fera.

Que, sem cuidado,  mergulhava as patas na neve onde  imprimia  sua forma.

Toda a brancura, cada árvore, latido e silêncio pertenciam a ela.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.