Maratona de Brasília

Luiz Roberto Benatti

A partir do dia em que eu consegui falar com as mãos nesta posição, dei-me conta de que poderia ser candidato à presidência da República. Políticos têm de saber usar as mãos porque o espectador olha para elas e fica embevecido. Mas você precisa ter o domínio de outras coisas. O Lata velha, p.ex., é um programa tão bem-sucedido, que irei implantá-lo em todo o País. Se faltar pau velho, mando vir de Cuba. Os brasileiros poderão ir à praia comer farofa de pau novo, pintado nas cores mais ousadas e, se alguém não tiver carro, vai-se se morder de raiva. Morder-se de raiva será outro de meus programas. Você xinga o contendor de abobrão e ele lhe manda um sopapo na orelha tão forte, que você vai-se virar do avesso. A seguir, você espuma de raiva e a cara mais raivosa vai para o Soletrando. Estou louco para ver quem conseguirá soletrar a palavra Asnodescenteéaquelequenãotemdentesmasdeixaocardealdemente. Não perca a minha entrevista com o Tiririca.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.