Dias de Nietzsche em Turim

Luiz Roberto Benatti.

a saída

velha estrada nova  entrada

sem saída

o futuro do pretérito diria:

que o presente aos berros me enclausure/empurre

 cadeira de ferro

ossos & roedores que se arrastem

baldes que vomitem rins

fel  & fármacos azuis,

atrás da cortina

até que alguém se aproxime do presente

& esgane o futuro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.